IPC-S avança em seis das sete capitais pesquisadas, mostra FGV

Belo Horizonte registrou aumento de 0,70% para 1, 20%; O Rio foi a capital que acusou a maior variação de preços (1,68%)

iG Minas Gerais | Agência Brasil |

RODRIGO CLEMENTE - 21.10.2008
undefined

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) registrou, na semana encerrada em 15 de janeiro deste ano, alta em seis das sete capitais pesquisadas, em relação à primeira semana do ano. Na primeira semana o aumento havia sido 0,96%, passando a 1,28%, com crescimento de 0,32 ponto percentual.

Em Belo Horizonte,  a taxa passou de 0,70% para 1, 20%. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (19) pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV). Mesmo com a alta nas capitais, em apenas duas delas ocorreram aumentos de preços acima da taxa média para os conjuntos das sete cidades: Rio de Janeiro, que acusou a maior variação de preços (1,68%) – alta de 0,32 ponto percentual em relação aos 1,36% da primeira semana – também a maior inflação do país.

A segunda maior variação ficou com São Paulo, onde a taxa passou de 0,79% para 1,40% – variação de 0,70 ponto percentual. A única capital que acusou retração nos preços de um período a outro foi Porto Alegre: de 1,26% para 1,20% (-0,06 ponto percentual).

Em Recife, a taxa passou de 0,82% para 0,97%; em Salvador, de 0,78% para 0,94% e, em Brasília, de 0,59% para 0,87%. Brasília foi a capital com a menor alta de preços.