Cruzeiro confirma acerto com Arrascaeta por cinco anos

Jovem revelação uruguaia fará exames em Montevidéu ainda nesta tarde e deve chegar em Belo Horizonte na quarta-feira

iG Minas Gerais | RÔMULO ABREU |

De Arrascaeta já estaria apalavrado com o Inter, e acordo formal dependeria de últimos acertos
Divulgação/ Facebook
De Arrascaeta já estaria apalavrado com o Inter, e acordo formal dependeria de últimos acertos

De Arrascaeta é do Cruzeiro. Direto de Montevidéu, o gerente de futebol celeste, Valdir Barbosa, confirmou o sucesso na negociação que colocou a jovem revelação uruguaia na Toca da Raposa II e deu detalhes sobre o embate que travou com o Inter para garantiu rapidamente o substituto de Ricardo Goulart.

Barbosa ratificou à reportagem do Super FC que o jogador assinou com o Cruzeiro por cinco anos de contrato, revelou que o médico Sérgio Freire Júnior já está desembarcando na capital uruguaia nesta manhã para agilizar os exames clínicos e a expectativa é que Arrascaeta chegue em Belo Horizonte nesta quarta-feira.

“Está fechado. Cinco anos de contrato, está contratado. O doutor Sérgio Freire Júnior está chegando aqui em Montevidéu para fazer os exames com o jogador e no mais tardar quarta-feira ele estará em Belo Horizonte. Não deve ser amanhã (terça-feira) porque o Arrascaeta precisa antecipar alguns documentos para não ter que voltar para o Uruguai e ficar de vez no Brasil”, disse, dando os detalhes sobre a forma de pagamento por 50% do passe do meia, que custou cerca de 4 milhões de euros (aproximadamente R$ 12 milhões) aos cofres celestes. “Vou deixar para o presidente falar sobre valores na apresentação do jogador, mas o Cruzeiro adquiriu 50% do passe, pagando metade desse valor à vista e a outra metade parcelado”, declarou.

Dado como certo no Internacional, o meia destaque da Libertadores de 2014 pelo Defensor-URU acabou sendo contratado pelo Cruzeiro em uma negociação surpreendente. Valdir Barbosa contou que recebeu a incumbência do presidente Gilvan de ir ao Uruguai e só voltar com o acordo selado.

“Foi uma jogada de muita sorte, porque eu liguei para o André Cury para resolver a questão do Mena. O Inter entrou muito forte (para acertar com Arrascaeta), mas o André disse que estava em Montevidéu e meu deu o sinal verde. Foi aí que vim para o Uruguai de última hora com a ordem do presidente de contratar o jogador. O Dr. Gilvan estava decidiu a contratá-lo. Estabeleceu os parâmetros financeiros, ficou em contato comigo diariamente para decidir tudo sobre a negociação e me disse o seguinte: 'faça o possível e o impossível para fechar negócio', mas, claro, dentro da realidade do Cruzeiro, não fizemos loucuras”, revelou.

Apesar de ter 'bala na agulha' para sacramentar o negócio, já que encheu os cofres com a venda de Ricardo Goulart ao Guangzhou Evergrande, da China, o Cruzeiro teve que contornar empecilhos para concretizar a transação.

“Tiveram algumas mudanças na negociação que dificultou a conclusão, devido à forma de pagamento, às condições exigidas, os valores que toda hora mudavam, impostos, enfim... mas tudo foi ajustado dentro do que foi proposto pelo presidente”.

Mena

Mesmo negociando com o agente que também cuida da carreira do lateral-esquerdo Mena, Valdir Barbosa não teve condições de concluir também esta contratação, mas se mostrou otimista quanto ao acerto com o chileno ainda nesta semana.

“Não deu para avançar sobre o Mena porque foi uma negociação muito desgastante, mas creio que não teremos problemas. Não vou dizer que será amanhã, mas esta semana ainda deve acertar. Vou deixar o presidente resolver este assunto, mas o Mena teve uma proposta da Ucrânia, e ele não aceitou, ele deixou claro que quer jogar no Cruzeiro, porque já conhece o clube e sua estrutura”, encerrou.

Leia tudo sobre: cruzeiroraposaarrascaetade arrascaetajovemrevelaçãofuteboluruguaimeiadefensorreforçocontratadovaldir barbosanegociomercado