Adolescentes acusam shopping de discriminação em BH

Grupo foi impedido por seguranças de entrar no estabelecimento para lanchar

iG Minas Gerais | Angélica Diniz |

cidades
cidades

Um grupo de nove adolescentes, de 15 a 17 anos, foi impedido anteontem de entrar no Pátio Savassi, na região Centro-Sul da capital, ao tentar fazer um lanche no shopping. Os jovens foram barrados pela segurança na entrada da rua Lavras, sem que soubessem o motivo da proibição. O fato pode render um processo ao shopping por discriminação e danos morais.

Segundo o estudante Rocini Teixeira, 16, a turma de amigos chegou ao local às 19h30. Na entrada, impediram a passagem. Revoltada com o constrangimento pelo qual passou a filha, a produtora de eventos Shirlley Gonçalves, 49, se diz indignada com a postura discriminatória. “É doloroso ver uma filha passar por isso”, disse a mãe, que registrou um boletim de ocorrência e vai processar o shopping. Em nota, o Pátio Savassi informou que “para zelar pela segurança de todos, foi solicitado que eles se dirigissem para a entrada da avenida do Contorno”,

Os jovens negam essa versão. “Apenas nos disseram que não entraríamos para impedir um arrastão. Na hora, me senti pior que um cachorro. Os animais podem entrar”, desabafou Teixeira.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave