Após 20 cobranças, Galo bate o Fla nos pênaltis e avança na Copinha

Agora, o Galinho aguarda o vencedor de São Paulo e Criciúma para saber quem enfrenta na próxima fase

iG Minas Gerais | FABIANO FONSECA |

SP - FUTEBOL/COPA SÃO PAULO/FLAMENGO x ATLÉTICO-MG - ESPORTES - Capixaba (d), do Atlético Mineiro, disputa a bola com jogador do Flamengo, em partida   válida pelas oitavas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, no estádio Pref. José   Liberatti, em Osasco, neste domingo.   18/01/2015 - Foto: LEVI BIANCO/BRAZIL PHOTO PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
ESTADÃO CONTEÚDO
SP - FUTEBOL/COPA SÃO PAULO/FLAMENGO x ATLÉTICO-MG - ESPORTES - Capixaba (d), do Atlético Mineiro, disputa a bola com jogador do Flamengo, em partida válida pelas oitavas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, no estádio Pref. José Liberatti, em Osasco, neste domingo. 18/01/2015 - Foto: LEVI BIANCO/BRAZIL PHOTO PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Em duelo das oitavas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, neste domingo, o Atlético venceu o Flamengo na disputa de pênaltis por 10 a 9, após empate em 0 a 0 no tempo normal, e avançou às quartas de final da competição. Agora, o Galinho enfrenta o vencedor de São Paulo e Criciúma na próxima fase.

A partida começou com o Flamengo partindo pra cima do Galinho. Logo no primeiro minuto, Thiago Santos foi derrubado por Igor na área, mas o árbitro não marcou pênalti. Aos 5 min, após uma saída errada do goleiro atleticano Rodolfo, o rubro-negro conseguiu uma falta na entrada da grande área, mas Jajá cobrou mal.

Acuado e nervoso, o Galinho não conseguia articular as jogadas. A primeira trama do ataque do Atlético só veio aos 15 min, mas sem perigo para a defesa adversária. Mesmo com o controle absoluto da partida, o Flamengo não conseguia traduzir o domínio em reais chances de gol. Com isso, aos poucos, o Atlético foi se soltando e começou a chegar mais à defesa adversária. A partir dos 25 min, o duelo ficou mais equilibrado.

Na reta final da primeira etapa, o Galinho tomou conta. Mucuri e Bruno Tabata davam trabalho para a defesa rubro-negra, mas pouco concluíram em gol. No fim, o 0 a 0 do primeiro tempo acabou sendo justo.

Na volta do intervalo, o Flamengo teve uma grande chance de abrir o placar, aos 3 min, com Thiago Santos. O zagueiro Natan furou e a bola sobrou livre para o atacante rubro-negro avançar sozinho e chutar na trave. Após o lance, o clássico ficou corrido e animado, mas as duas equipes pecavam nas finalizações.

A partir da metade da segunda etapa, a partida ficou aberta, com chances para as duas equipes, especialmente para o Flamengo, que levava mais perigo com Thiago Santos. Mas, no fim, a decisão acabou indo para os pênaltis. Após 20 cobranças, o Galinho venceu por 10 a 9 e avançou.

Leia tudo sobre: atleticovenceflamengopenaltisavançacopa sao paulofuteboljuniorquartas de final