Oswaldo comemora clima no Palmeiras e espera Arouca e Aranha

Treinador conduziu o Palmeiras na vitória por 3 a 1, sobre o Shandong Luneng, da China, nesse sábado

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

O novo comandante palestrino afirmou que está bastante motivado nesse início de temporada
Cesar Greco/ Ag. Palmeiras/ Divulgação
O novo comandante palestrino afirmou que está bastante motivado nesse início de temporada

O técnico Oswaldo de Oliveira estava tranquilo em sua primeira entrevista coletiva pós-jogo como técnico do Palmeiras, após a vitória por 3 a 1, sobre Shandong Luneng, da China, no novo estádio alviverde.

"Do meu ponto de vista, com a nossa chegada, tanto o pessoal de comissão técnica como os jogadores, há um clima muito favorável. Há muita demonstração de motivação com tudo o que tem acontecido. Vamos procurar dar continuidade para que isso permaneça", disse o técnico.

"Tive algumas confirmações (com boas atuações), mas surpresa, nenhuma, porque eu vi alguns jogadores que a gente já conhecia fazerem uma partida muito boa, muito regular. Em que pese o pouco tempo de preparação, cada um procurou dentro da sua possibilidade fazer o melhor", disse.

O treinador comentou o fato de que terá que abrir mão de alguns jogadores para a disputa do Campeonato Paulista, competição na qual apenas 28 jogadores podem ser inscritos. 

"No futebol, é inevitável esse tipo de troca. Ocorre que, dessa vez, elas vão ser numerosas. O Palmeiras já tinha um elenco bem vasto", disse ele.

"Muitos jogadores retornaram de empréstimo e outros tantos estão sendo contratados, é um montante que foge do cabível para fazer um trabalho focado. Por isso, realmente, vamos ter de pensar bem. Eu tenho pouco tempo, mas vou procurar avaliar com muita justiça para que isso transcorra", disse o treinador.

Mesmo assim, Oswaldo de Oliveira, que já recebeu 13 novos jogadores de maneira oficial e tem o zagueiro Jackson e o meia Alan Patrick muito próximos de anúncio, além da possibilidade de ter também o meia Ryder Mattos, da Fiorentina (ITA), como reforço, disse ainda aguardar alguns jogadores. Entre eles, o volante Arouca e o goleiro Aranha, seus ex-comandados no Santos.

"Estou torcendo muito para que isso aconteça. Vão ser dois jogadores muito importantes", afirmou.

O Palmeiras, que viaja a Itu, na próxima terça (20), para continuar a pré-temporada, jogará mais um amistoso no próximo final de semana.

Leia tudo sobre: palmeirasoswaldoaranhaaroucareforçossantos