Luis Fabiano diz estar dedicado para evitar lesões e projeta seleção

Jogador foi titular do time brasileiro na Copa do Mundo-2010, que era dirigido por Dunga

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Luis Fabiano fez três gols em goleada implacável sobre o Rio Branco
PÁGINA OFICIAL/FACEBOOK/SÃO PAULO
Luis Fabiano fez três gols em goleada implacável sobre o Rio Branco

Elogiado pelo técnico Muricy Ramalho por sua disposição nos treinos neste início de temporada, o atacante Luis Fabiano, 34, afirmou que está dedicado nas atividades para evitar que as lesões o atrapalhe como ocorreu em anos anteriores.

"A minha maior expectativa é de poder fazer um ano sem ficar parado muito tempo. Claro, sei que é difícil, porque todo jogador corre este risco, mas quero jogar mais em 2015. Acredito no meu potencial e sei da minha capacidade. Tenho me dedicado na pré-temporada para ter um ano tranquilo e sem lesões. Com este trabalho bem feito tenho certeza de que as coisas irão caminhar bem", disse Luis Fabiano, que é o terceiro maior goleador da história do clube, com 198 gols.

Em entrevista ao site do São Paulo, o atacante afirmou que não acompanhará o duelo entre Corinthians e Once Caldas, válido pela pré-Libertadores. O vencedor do confronto cairá no grupo são-paulino, que ainda terá San Lorenzo, atual campeão, e o Danúbio, campeão uruguaio.

"Venha quem vier, temos que pensar no nosso time. Precisamos ter confiança para ter uma equipe forte. Se vier o Corinthians, nosso rival, faremos de tudo para vencer. E se vier o Once Caldas, também. Temos que pensar sempre na nossa equipe em primeiro lugar".

Luis Fabiano afirmou também que pensa em voltar à seleção brasileira. O jogador foi titular do time brasileiro na Copa do Mundo-2010, que era dirigido por Dunga, atual treinador.

"Gostaria de voltar à seleção, se eu estivesse bem, mas o negócio é pensar no São Paulo primeiro e fazer um bom semestre. As coisas acontecem naturalmente e, seu eu estiver bem, o Dunga já me conhece. Não tem segredo", completou.

Leia tudo sobre: luis fabianosao paulodedicaçaolivrarlesoes