Atentado em estação ônibus deixa quatro mortos na Nigéria

Todas as suspeitas apontam para a milícia radical Boko Haram; no domingo passado uma dupla explosão em um mercado popular nesta mesma cidade causou sete mortes

iG Minas Gerais | Folhapress |

Um atentado suicida em uma estação de ônibus da cidade de Postiskum, na Nigéria, deixou quatro mortos (incluindo o suicida) e ao menos 35 feridos neste domingo (18) -um carro carregado com explosivos se jogou contra outros veículos, confirmou a polícia.

O atentado ocorreu por volta das 10h30 (local, 7h em Brasília) em uma estação nos arredores da cidade, capital econômica do estado de Yobe, um dos mais assediados pelo grupo jihadista Boko Haram.

O veículo conduzido pelo atacante abasteceu no posto junto à estação e, quando parecia que sairia dali, se jogou contra outros carros recolhiam passageiros.

No domingo passado uma dupla explosão em um mercado popular nesta mesma cidade causou sete mortes.

O ataque mais grave foi em 10 de novembro, quando 48 pessoas morreram na explosão de uma bomba em uma escola de ensino médio.

Embora ninguém ainda tenha reivindicado o atentado deste domingo (18), todas as suspeitas apontam para a milícia radical Boko Haram, cujo nome significa em línguas locais "a educação islâmica não é pecado" e autora de múltiplos ataques no norte do país

O grupo, que luta para instaurar um estado islâmico na Nigéria, mantém uma sanguinária campanha no país que deixou mais de três mil mortos só em 2014. 

Leia tudo sobre: AtentadoNigériaBoko Haram