Invasão de franquias brasileiras

Para ele, ingressar no mercado dos Estados Unidos traz reflexos nos negócios das franqueadoras no Brasil

iG Minas Gerais | Juliana Gontijo |

O brasileiro que for passear pela terra do Tio Sam, em especial, pela Flórida, pode se sentir mais em casa ao encontrar diversas franquias brasileiras. O diretor da ABF, Rogério Feijó, conta que nos Estados Unidos há 33 marcas de franquias brasileiras. O país só perde para Portugal, com 38 marcas. “Com a economia norte-americana reagindo de forma mais rápida do que a Europa, os Estados Unidos podem ocupar o primeiro lugar em franquias até o fim do ano”, diz.  

Para ele, ingressar no mercado dos Estados Unidos traz reflexos nos negócios das franqueadoras no Brasil. “Lá, o mercado é muito competitivo e exigente, o que traz aprendizado e prepara a empresa para competir com investidores estrangeiros também no Brasil”, observa. Outra vantagem é a diversificação do mercado, o que ajuda a compensar quando outro local de atuação não estiver crescendo, seja em razão do esgotamento do nicho de mercado ou em razão do desempenho fraco da economia.

Feijó afirma que as dificuldades no Brasil podem incentivar os investimentos das franquias em outros países, com destaque para o Estados Unidos, “mas não é o fator preponderante”, diz. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave