Bonito se transformou em referência

iG Minas Gerais |


Churrascos passarão a ser proibidos no entorno das cachoeiras
AJL
Churrascos passarão a ser proibidos no entorno das cachoeiras

Inspiração para a região mineira da serra do Cipó, o município de Bonito, no Mato Grosso do Sul, se tornou referência em turismo sustentável no planeta. Em 2013, após concorrer com outras mil cidades, Bonito ganhou o prêmio de Melhor Turismo Responsável no Mundo, concedido pela organização internacional World Travel Market.

De acordo com dados da secretaria de Turismo do município, o controle de turistas nas atrações da cidade começou a ser feito na década de 90 e hoje é realizado por meio de um voucher único para todas as atrações. Além de controlar o número de visitantes por dia, o bilhete auxilia na organização. “Se chegar próximo do que é feito em Bonito, será algo formidável. Eu sinto falta disso no Cipó”, contou a empresária Luiza Botelho, 48, que já visitou e adorou a cidade sul-mato-grossense.

Expectativa é receber 20 mil turistas no Carnaval Para o Carnaval deste ano, a expectativa dos empresários é que a serra do Cipó seja o destino de cerca de 20 mil turistas. Reuniões já estão sendo feitas para definir o planejamento do feriado e as formas de receber esse público. “Estamos fazendo diversas reuniões com empreendedores, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar. Tudo para que realizemos um Carnaval tranquilo e sem incidentes. Essa organização já será sentida pelos turistas no Carnaval”, afirmou o secretário de Turismo e Meio Ambiente de Santana do Riacho, Gustavo Campos. Lugares como trilhas no meio da mata terão reforço na fiscalização. A recomendação é evitar locais em que não é permitido o turismo. 

Segurança Efetivo. Na última terça-feira, O TEMPO mostrou um aumento de 30% no efetivo de militares na região da serra do Cipó. Em janeiro e no Carnaval, a Polícia Militar contará com reforço de policiais de cidades vizinhas. O tenente Murilo Melo afirmou que, desde a morte do casal Alexandre Werneck de Oliveira, 46, e da namorada dele, Lívia Viggiano Rocha Silveira, 39, em janeiro de 2014, a corporação tem estado mais presente na região, e nenhuma outra ocorrência grave foi registrada. Presos. Pelo homicídio do casal, Helton Moreira de Castro, 20, e Marcos Magno Peixoto Faria, 26, estão detidos no presídio Inspetor José Martinho Drumond, em Ribeirão das Neves.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave