Todo mundo erra, disse carioca em vídeo pedindo segunda chance

Vídeo postado por amigo mostra últimas palavras de marco Archer, dois dias antes de ser executado

iG Minas Gerais |

Antes da morte por fuzilamento de Marco Archer Cardoso Moreira, 53, na Indonésia, um amigo divulgou um vídeo no Youtube em apelo contra a execução do brasileiro. No vídeo "Não executem Curumim", publicado na quinta-feira (15), Moreira narra sua história, diz que estava sofrendo e que tinha o sonho de retornar ao Brasil. "Estou ciente que cometi um erro gravíssimo, mas, enfim, eu mereço mais uma chance. Porque todo mundo erra. Meu sonho é sair daqui, voltar para o Brasil e expor o meu problema para os jovens que estão pensando em se envolver com drogas", diz Moreira. No áudio, o brasileiro se diz uma pessoa esperançosa e que lutaria até o fim para não ser executado. Veja:  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave