Ex-companheiro mata garçonete em banheiro de choperia de Itajubá

Suspeito também foi baleado por policial civil na porta do estabelecimento, na madrugada deste sábado (17)

iG Minas Gerais | Gustavo Lameira |

Uma garçonete foi morta no banheiro de uma choperia em Itajubá, no Sul de Minas, na madrugada deste sábado (17). O suspeito do crime é um ex-companheiro, que também foi baleado por um policial.

De acordo com a Polícia Militar (PM), o suspeito, de 26 anos, estaria inconformado com o fim do relacionamento, rompido no início deste mês.

Ele chegou ao bar e encontrou Lucileida de Cássia Porto, 23, conversando com uma colega de trabalho. Ele a chamou para conversar, mas a mulher o teria ignorado, saindo para os fundos do bar. O ex-namorado a seguiu e, então, fez os disparos. Funcionários e clientes ouviram o barulho dos tiros, e em seguida viram o homem saindo com uma arma na mão. A garçonete foi encontrada ainda com vida dentro do banheiro, mas morreu antes da chegada do socorro.

Um policial civil que estava no bar fez sinal para o suspeito e lhe deu ordem de prisão quando ele deixava o local. Esse, porém, se virou já apontando o revólver para ele. Segundo testemunhas, em legítima defesa, o policial atirou antes e feriu o homem. Ele foi socorrido pelos bombeiros e levado em estado grave para o Hospital Escola de Itajubá. 

As armas dos suspeito e do policial civil, assim como os cartuchos deflagrados foram recolhidos pela perícia e o corpo encaminhado para o Instituto Médico Legal.

Leia tudo sobre: Crime passionalItajubáSul de MinaschoperiabarPMPolícia Civilarmasciúmesgarçonete