Por R$ 16,8 milhões, Tardelli dá adeus ao Galo

Camisa 9 alvinegro se despede do clube atraído por salário milionário

iG Minas Gerais | Da redação |

Contratação foi anunciada na madrugada deste sábado
Divulgação/Site Oficial
Contratação foi anunciada na madrugada deste sábado

E finalmente aconteceu. O atacante Diego Tardelli é oficialmente jogador do Shandong Luneng. A negociação que se arrastou durante um mês teve um desfecho na noite desta sexta-feira após reunião entre o presidente alvinegro Daniel Nepomuceno e representantes da equipe chinesa, em São Paulo. Pelo camisa 9 alvinegro, a equipe asiática desembolsou 5,5 milhões de euros (cerca de R$ 16,8 milhões), números até mesmo inferiores aos que a diretoria almejava. O planejamento inicial era de uma transação acordada em 8 milhões de euros.

"Depois de um longo trabalho de três meses de observação e acompanhamento ordenado e científico, neste 17 de janeiro Shandong Luneng e Diego Tardelli assinaram formalmente um acordo. A taxa de transferência é de 5,5 milhões de euros", relata o Shandong, via site oficial.

Apesar da confirmação por parte dos chineses, a diretoria alvinegra não confirma os valores da transferência.

Deste montante, o Atlético ficará com aproximadamente R$ 11,7 milhões, já que detém 70% dos direitos econômicos de Tardelli.

Esta é a segunda vez que o jogador se despede do Galo. No entanto, agora o ele deixa o clube com seu status de ídolo ainda mais reforçado pelas conquistas da Copa Libertadores, Copa do Brasil e Recopa Sul-Americana.

O salário de R$ 1 milhão mensal foi o grande trunfo da equipe chinesa na negociação. Desde a oferta, Tardelli deixou claro que os vencimentos lhe concederiam a tão sonhada independência financeira.

"É uma oportunidade única, novos desafios. Se eu saio do Atlético, eu saio com o dever cumprido, sabendo que eu fiz o melhor, com títulos com os amigos, o mais importante da história do Atlético-MG. Saio como ídolo, e isso não tem preço. É uma nova etapa que pode acontecer na minha carreira", destacava o jogador na última quinta-feira.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave