Na África, escolas fechadas por conta do ebola reabrirão

No momento, os países da África Ocidental convivem com o surto do ebola são Libéria, Guiné e Serra Leoa. Até agora, a epidemia deixou pelo menos 7.500 mortos e 20.000 infectados

iG Minas Gerais | Folhapress |

Serra Leoa é um dos países que decretou estado de emergência por conta do ebola
Chris Black / OMS
Serra Leoa é um dos países que decretou estado de emergência por conta do ebola

Escolas que haviam sido fechadas após o início do surto do ebola reabrirão em breve em Guiné e na Libéria.

O ministro da saúde de Guiné, Remy Lamah, disse à Associated Press que escolas do país reabrirão na próxima segunda-feira (19) porque a situação no país melhorou.

Já na Libéria, as escolas serão reabertas no próximo mês, informou Musu Ruhle, funcionário da embaixada liberiana em Gana.

Em Serra Leoa, no entanto, as escolas permanecerão fechadas porque o surto continua grave no país. "Nós estamos monitorando a situação e vamos tomar uma decisão posteriormente", disse o ministro da Saúde de Serra Leoa, Foday Sawi Lahai. "Quando isso for feito e o número de casos diminuir constantemente, nós reconsideraremos [abrir as escolas] ".

No momento, os países da África Ocidental convivem com o surto do ebola são Libéria, Guiné e Serra Leoa. Até agora, a epidemia deixou pelo menos 7.500 mortos e 20.000 infectados.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave