Cerveró deve ter seu pedido de habeas corpus analisado até segunda

Cerveró, que foi preso na madrugada desta quarta-feira (14), no Rio de Janeiro, após chegar de uma viagem a Londres

iG Minas Gerais | da redação |

Ele afirmou também que não se sente
Agência Brasil
Ele afirmou também que não se sente "rebaixado" por ter seguido para a diretoria financeira da BR Distribuidora após deixar a direção da estatal

O ex-diretor da área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró, deve ter seu pedido de habeas corpus de analisado até segunda-feira (19), de acordo com sua defesa.

Cerveró, que foi preso na madrugada desta quarta-feira (14), no Rio de Janeiro, após chegar de uma viagem a Londres. Nesta quinta-feira (15), deu um depoimento que durou três horas e meia à Polícia Federal, em Curitiba.

O ex-funcionário da Petrobras, que é um dos principais alvos da Operação Lava Jato, deve prestar um novo depoimento à polícia, nos próximos dias sobre a acusação de ter recebido dinheiro na compra da refinaria de Pasadena, nos EUA. Compra que gerou um prejuízo de U$ 790 milhões à estatal, segundo o Tribunal de Contas da União (TCU).

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave