Estagiária deixa emprego em Wall Street para virar atriz pornô

Norte-americana resolveu deixar o estágio no mercado financeiro quando suas selfies seminua no banheiro da empresa foram descobertas

iG Minas Gerais | GUILHERME ÁVILA |

Reprodução/Twitter
"Não conseguia parar de me masturbar no trabalho", diz estagiária de Wall Street que virou atriz pornô
"Deixei meu emprego em Wall Street pela carreira em filmes pornô porque não conseguia parar de me masturbar no trabalho", escreveu a ex-estagiária Paige A. Jennings, de 23 anos, no Twitter nesta quarta-feira (15). Mas, segundo o site "Business Insider", a história não é bem essa: a norte-americana resolveu abandonar seu promissor trabalho na Lazard Asset Management, uma importante gestora de recursos no mercado financeiro de Nova York, quando suas selfies seminuas foram descobertas por alguns colegas na internet e ela temeu ser demitida.   Paige, que atuava na área de marketing desde junho do ano passado, inclusive teria publicado fotos nuas dentro de um dos banheiros da empresa. "Acho que meu chefe não poderia me manter no escritório depois de praticamente todo mundo lá já ter me visto seminua on-line", disse a ruiva em entrevista ao site "BroBible". Alegando amar o mundo das finanças e ser ninfomaníaca, agora ela usa o nome de 'Veronica Vain' e planeja usar sua experiência na área para criar um fundo de investimento de capital de risco focado na indústria de filmes adultos.   "Já conversei com vários investidores que adorariam ter uma participação do negócio. A maioria das pessoas assiste filmes pornôs e compra produtos sexuais não importa o clima econômico. É um grande mercado. Eu sabia que provavelmente seria mais bem sucedida se pudesse me cercar de sexo e ser aceita por isso", explicou. A jovem ainda revelou que já trabalhou como stripper e que fará sua estréia no reality show "The Sex Factor". 

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave