Unidade do projeto Sada Sesi segue fazendo sucesso

Atendendo atualmente 250 jovens em Contagem, iniciativa está com vagas abertas para as escolinhas

iG Minas Gerais |

Sada Vôlei Sesi.
Projeto já atende 250 jovens em Contagem
DIVULGAÇÃO SADA CRUZEIRO
Sada Vôlei Sesi. Projeto já atende 250 jovens em Contagem

Implantado em Contagem em agosto de 2014, mas com o início das atividades em setembro, o projeto Sada Vôlei Sesi tem crescido diariamente na cidade. A iniciativa, que existe desde 2010, funcionando anteriormente na cidade de Betim, já conta com a participação de 250 jovens com idade entre 7 e 17 anos no município. E, agora com os dois núcleos congregados, as perspectivas são de crescimento. Em Contagem, as aulas são ministradas no Ginásio Poliesportivo do Riacho, mesmo local onde se realizam os jogos da equipe Sada Cruzeiro pela Superliga de Vôlei e outras competições profissionais. Os treinamentos são realizados de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Apesar das férias escolares, os alunos já retomaram as atividades esportivas no último dia 12, proporcionando aos jovens atividades físicas e lazer no período de recesso. Segundo a coordenação do Sada Vôlei Sesi, o projeto visa proporcionar a crianças e jovens a prática do voleibol, valorizando a interação social. Os garotos que se destacam têm a oportunidade de integrar as categorias de base do Sada Cruzeiro. E as meninas reveladas pelo projeto futuramente são encaminhadas para testes em equipes profissionais de vôlei feminino. Além disso, o projeto deve implantar ainda neste ano equipes de competição oriundas do próprio projeto. Os materiais utilizados para as aulas são fornecidos pelos patrocinadores. Os uniformes são distribuídos gratuitamente aos alunos, e para que eles tenham direito a receber esse material, é necessário manter uma frequência às aulas com um mínimo de 80% de assiduidade.

Vagas para participar do Sada Vôlei Sesi estão abertas. Para isso, é necessário que o pai ou responsável procure a administração do projeto no Ginásio Poliesportivo do Riacho, onde receberá todas as informações necessárias. O telefone para contato é o (31) 3352-5377, e deve-se falar com o professor João Henrique.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave