Tardelli fala em aposentar no Atlético após cumprir contrato na China

Atacante pede que torcida entenda sua saída e promete voltar um dia: 'Sonho em voltar e fazer história novamente"

iG Minas Gerais | FERNANDO ALMEIDA E GUILHERME GUIMARÃES |

Diego Tardelli ou “Don Diego e DT9”, algumas alcunhas que o atacante recebeu da torcida do Atlético, responsável por nutrir um sentimento de grande adoração pelo jogador. Perto de mais um adeus, o avante não esconde sua vontade em encerrar a carreira no clube. Na mira do Shandong Luneng (CHI), o atleta está, praticamente, em vias de fato de acertar sua ida ao futebol chinês. Fato que pode acontecer ainda nesta sexta-feira.

“Com certeza. Tenho 30 anos, sou novo ainda. Não me vejo jogando em outro clube no Brasil a não ser o Atlético. Quando eu estava no Catar a minha prioridade sempre foi o Atlético. Sonho em poder voltar e fazer historia novamente”, disse Tardelli.

Diego Tardelli chegou ao Atlético em 2009 e de lá para cá viveu momentos de auge na carreira. Em 2011 foi negociado com o Anzhi, da Rússia. Posteriormente, vestiu as cores do Al Gharafa, equipe do Catar. Em 2013 retornou ao Galo e venceu torneios de grande expressão, como a Libertadores da América, a Recopa Sul-Americana, e a Copa do Brasil.

“E se saio do Atlético, saio com o dever cumprido. Fiz o melhor, dei títulos. A torcida me tem como ídolo e isso não tem preço”, comenta o avante, que pede entendimento dos torcedores pela sua saída.

“Estou fazendo 30 anos e dificilmente vai aparecer novamente uma proposta como essa. Peço a torcida que entenda minha parte. O carinho sempre foi dos dois lados e acredito que a maioria está comigo nesse momento”, disse.

Indicado pelo técnico Cuca, atual comandante do Shandong Luneng (CHI), Tardelli confirma que buscou informações sobre o clube asiático.

“Eu procurei saber todos os detalhes da cidade, do clube, dos jogadores que estão lá. A maioria eu conheço. Isso facilitou um pouco mais. A comissão brasileira facilita a adaptação. Fico feliz por poder trabalhar novamente com o Cuca. Acho que será minha quarta passagem com o Cuca em minha carreira”, diz.

Leia tudo sobre: atleticogalodiego tardelli