Geometria como traço comum em perspectiva

A exposição “Frequentes Conclusões Falsas” está cartaz na galeria Orlando Lemos até a próxima quarta-feira

iG Minas Gerais | carlos andrei siquara |

Série de pinturas do artista paulista David Magila batiza a exposição
Orlando Lemos
Série de pinturas do artista paulista David Magila batiza a exposição

Com trabalhos exibidos durante a Parte – Feira de Arte Contemporânea, que aconteceu no ano passado em São Paulo, os artistas Bruno Rios, David Almeida, David Magila, Estandelau, Evandro Soares, Guilherme Callegari, Guilherme Augusto GAFI e João Maciel, em seguida, foram convidados a expor na galeria Orlando Lemos, onde suas criações podem ser vistas na mostra “Frequentes Conclusões Falsas”.

Em cartaz apenas até a próxima quarta-feira, a exposição, com curadoria do galerista Orlando Lemos, aproxima trabalhos que vão da pintura à instalação. De acordo com Lemos, o que o atraiu a compor o projeto foi justamente a qualidade dos trabalhos que, ao seu ver, possuem muitas afinidades, especialmente ao apontar a arquitetura e as construções urbanas como temas comuns.

“Eu gostei muito das criações deles, que conheci na Parte. Conversando com os artistas, tive a ideia de fazer essa mostra que tem o título inspirado em uma série de pinturas de Davi Magila”, recorda o galerista, que explica essa escolha a partir da relação sugerida por ele entre o nome das obras com possíveis experiências cotidianas.

“Eu notei que ‘Frequentes Conclusões Falsas’ parecia ideal para sintetizar esse conjunto de trabalhos porque esse nome recorda algo que nos ocorre no dia a dia. A nossa vida é perpassada por algumas falsas impressões que podem ser questionadas, e aquelas criações propõem, às vezes, uma mudança de perspectiva”, observa Lemos.

Dentre os traços ressaltados por ele nas criações apresentadas, chama atenção o cuidado com a geometria. “Por isso a questão da arquitetura e do espaço parece algo que aparece como um link entre as obras de todos os artistas”.

Serviço. ‘Frequentes Conclusões Falsas, na galeria Orlando Lemos (Rua Melita, 95, bairro Jardim Canadá, Nova Lima). Visitação: Até 21/1/15, de 2ª a 6ª, das 10h às 19h; sáb., das 10h às 14h. Entrada franca.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave