Serviço de atendimento ortopédico domiciliar se torna referência nacional

iG Minas Gerais |

O Atendimento Domiciliar Ortopédico, que é desenvolvido pela Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, já é modelo para secretarias municipais e estaduais de Saúde do país. A equipe de Atendimento Domiciliar Ortopédico, acompanha pacientes da Rede Municipal de Saúde, no pré e no pós-operatório ortopédico de fratura simples. Pioneira no país, a iniciativa é uma ampliação do Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD), instituído pelo Ministério da Saúde em 2011.

O serviço surgiu a partir de uma experiência similar realizada pelo Hospital Municipal Odilon Behrens, por meio de parceria entre a Superintendência de Urgência e Emergência (Surg) e a Superintendência de Atenção à Saúde (SAS), ambas da Secretaria de Saúde de Contagem. Foi aprimorado e ampliado, tornando-se uma política pública para o município, referência entre as cidades brasileiras.

De acordo com o superintendente de Urgência Emergência de Contagem, Mac Dowel Araújo, os pacientes de fraturas ortopédicas leves em Contagem chegaram a representar cerca de 80% da demanda da especialidade. “Tínhamos uma demanda reprimida de cerca de 50 pacientes da ortopedia nos corredores das Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) da cidade e no Hospital Municipal de Contagem (HMC), o que causava dificuldade na rotatividade do acolhimento. Agora, com a implantação do serviço, o paciente pode aguardar pela cirurgia em casa, recebendo visitas médicas do SAD para acompanhamento do quadro antes e após a cirurgia”, explicou.

O serviço atende as fraturas fechadas de braços e pernas que não tenham tido rompimento de tecido e exposição óssea, nem administração de antibióticos, terapias venosas ou intramusculares.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave