IPVA começa a vencer na segunda-feira (19)

Em Betim, cerca de 106 mil motoristas vão ter que pagar o tributo neste ano

iG Minas Gerais | José Augusto Alves |

Motoristas devem ficar atentos ao prazo de vencimento do IPVA
Alex Douglas
Motoristas devem ficar atentos ao prazo de vencimento do IPVA

Os proprietários de veículos devem ficar atentos. É que começará a vencer nesta segunda-feira (19) a primeira parcela ou a cota única do Imposto sobre Propriedades de Veículos Automotores (IPVA). Nessa data, os donos de veículos com placa final 1 devem quitar o imposto. Já a terça (20) será o prazo final para os veículos com placa final 2 e assim sucessivamente. Quem optar pelo pagamento à vista terá um desconto de 3%.

O pagamento deverá ser feito nos bancos credenciados. Neste ano, cerca de 106 mil betinenses vão pagar o imposto, que, segundo a Secretaria de Estado da Fazenda, está, em média, 3,73% mais barato do que o valor pago no ano passado. Em Minas Gerais, 8,6 milhões de proprietários vão ter que quitar o tributo, e a expectativa de arrecadação é de R$ 3,6 bilhões, 13,5% maior do que em 2014.

As guias de arrecadação para pagamento já estão disponíveis no site da Secretaria da Fazenda, assim como nos caixas eletrônicos dos bancos. No entanto, para os dois, é necessário o número do Renavam.

O Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres, o DPVAT, não sofreu reajuste em 2015, e os valores continuam os mesmos do ano passado: R$ 105,65 para carros, inclusive táxis, e R$ 247,42 para motos. O seguro vence juntamente com a primeira parcela ou o pagamento à vista do IPVA.

Já a Taxa de Renovação do Licenciamento Anual do Veículo (TRLAV) teve um pequeno reajuste e, neste ano, custará R$ 77,60 ao contribuinte. O prazo para o pagamento da taxa de licenciamento é maior: a data-limite é 31 de março.

Irrisório O personal training Alberto Dumont vai pagar o IPVA de seu veículo, um Palio ano 2013, em três parcelas. “Se o desconto fosse maior, até faria um esforço para fazer o pagamento à vista, mas 3% é muito pouco”, contou.

A mesma opinião tem a a professora Simone Silva. “Vou pagar parcelado, porque, além do IPVA, ainda tenho material escolar de dois filhos”, afirmou.

Já o aposentado Fernando Caetano Ferreira diz que vai quitar o imposto em parcela única. “Meu IPVA é mais barato, porque meu carro é ano 98, mas, mesmo assim, o desconto foi de menos de R$ 20”.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave