Maranhão-Cemar-MA anuncia troca de comando

Único representante do Nordeste na Superliga feminina soma apenas uma vitória em 13 jogos; técnico Chicão saiu decepcionado com responsáveis pela gestão

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Chicão estava a frente do time desde a última temporada
Divulgação
Chicão estava a frente do time desde a última temporada

A campanha negativa do Maranhão-Cemar-MA na Superliga feminina, com apenas uma vitória em 13 jogos, acabou culminando na demissão do técnico Chicão, que estava no comando do time desde a última temporada.

Depois da derrota para o Sesi-SP, em casa, na última terça-feira, a diretoria optou pela mudança de treinador. O time, agora, estará sob a responsabilidade de Paulo Barreto.

“Foram duas temporadas boas para uma equipe nova em um projeto. Foi bom ter trabalhado no Maranhão, espero que o projeto evolua e as pessoas que estão em volta do projeto evoluam também”, alfinetou Chicão, deixando clara a descontentamento com os gestores.

“O técnico está sempre exposto, mas a torcida não sabe o que ocorre por trás dos bastidores de uma forma geral", completou.

Apesar da decepção com a saída, Chicão já pensa no seu futuro. “A vida segue para todos. Vou tocar a minha vida e a minha carreira em um outro projeto", indica.