Sem temer concorrência, Fabiano foca no tri da Libertadores

Destaque na Chapecoense, Fabiano terá de brigar com Mayke e Ceará por uma vaga na equipe de Marcelo Oliveira

iG Minas Gerais | Diego Costa |

BELO HORIZONTE / MINAS GERAIS / BRASIL - (14/01/2015) Cruzeiro apresenta reforços para 2015 na Toca 1 em BH.
© Washington Alves / Cruzeiro / Light Press
Washington Alves/Light Press
BELO HORIZONTE / MINAS GERAIS / BRASIL - (14/01/2015) Cruzeiro apresenta reforços para 2015 na Toca 1 em BH. © Washington Alves / Cruzeiro / Light Press

Após se destacar com a camisa da Chapecoense, na disputa do Brasileirão do ano passado, o lateral-direito Fabiano quer repetir o sucesso no Cruzeiro.

Sondado por outros grandes clubes do futebol brasileiro, o atleta de 23 anos destacou o que pesou para a escolha pela Raposa, a primeira grande oportunidade em um grande time do futebol brasileiro.

"Foi o momento que o clube vive. A estrutura e o planejamento foram dos principais aspectos para vir para o Cruzeiro. Um clube que está em evidência hoje. Todo mundo tem os olhos em cima do Cruzeiro, pois em todas as competições que disputa, o clube chega  nas finais, consegue os títulos", destacou.

E por falar em títulos, ele já chega de olho na principal competição do ano: a Copa Libertadores da América.

"A expectativa é de títulos. Todos os jogadores do Cruzeiro pensam nesse tri da América (Copa Libertadores), e estou sonhando também com isso. Com a qualidade do nosso grupo, a gente vai em busca desse título", disse o lateral.

Eleito um dos três melhores da posição na temporada passada, Fabiano terá uma forte disputa no Cruzeiro. Além de Mayke, o atual titular, o catarinense ainda encara a concorrência com o veterano Ceará. O cenário não intimida o jovem atleta.

"São grandes jogadores, sei desse momento que estão vivendo no clube. O próprio Ceará, que já foi campeão mundial pela equipe do Ceará. É um jogador que tem muito experiência, tenho muito a aprender com esses jogadores. Com certeza, a disputa será muito sadia por essa posição", pontuou.

Dentro da corrida por uma oportunidade, Fabiano destaca suas características em campo, que podem contribuir para a equipe estrelada.

"Como sou zagueiro de origem, uma das características minhas é a marcação. Quando fui deslocado para a lateral direita tentei aprimorar essas jogadas de ataque, com uma passada larga e muito preparo físico. Então, a minha principal característica é sim a marcação, mas nunca deixando de chegar ao ataque", completou.

Leia tudo sobre: fabianocruzeirolibertadoresconcorrênciatítuloslateral-direitozagueiro