Jovem é morto com 13 tiros após pichar muro da vizinha na Grande BH

Populares disseram à polícia que suspeito do crime seria um homem conhecido pelo apelido de "Caolho"; em Santa Luzia, outro homem foi executado com sete tiros

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

A Polícia Civil vai investigar a morte de um homem de 28 anos que foi executado com 13 tiros, na noite dessa quarta-feira (14), em São Joaquim de Bicas, na região metropolitana de Belo Horizonte. O crime aconteceu depois que o jovem pichou o muro de uma vizinha.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, um segundo vizinho contou aos militares da 7ª Companhia Independente que Marin Ferreira Mendes estava com mais dois homens cometendo o crime na rua Jasmin, no bairro Pousada das Rosas.

Depois que sujaram o muro, os amigos da vítima foram embora e Mendes se deslocou para a sua casa. Já no portão do imóvel, ele foi surpreendido por um homem que efetuou os disparos. O jovem foi atingido na cabeça, tórax e perna.

Ainda conforme populares, o autor do homicídio seria um jovem conhecido pelo apelido de “Caolho”. Em data anterior, por motivo desconhecido, ele teria ameaçado Mendes. Policiais fizeram rastreamento na região, mas o suspeito não foi localizado.

Após os trabalhos da perícia, o corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Betim. A ocorrência foi encerrada na 3ª Delegacia de Plantão de São Joaquim de Bicas.

Santa Luzia

Também na noite dessa quarta, um homem não identificado foi assassinado com sete tiros no bairro Três Corações, em Santa Luzia, na Grande BH.

O corpo da vítima, que aparentava ter cerca de 35 anos, foi encontrado na rua Sideral. Autoria e motivação do crime são desconhecidas.  

Leia tudo sobre: são joaquim de bicassanta luziahomicídiospichaçãomurovizinha