Lateral Mena consegue se desvincular do Santos após liminar

Jogador está nos planos do Cruzeiro e poderá negociar com o clube celeste

iG Minas Gerais | Josias Pereira |

Mena também afirmou ser fã de Roberto Carlos
REPRODUÇÃO/SANTOS
Mena também afirmou ser fã de Roberto Carlos

O lateral-esquerdo Mena garantiu a liberação do Santos por meio da Justiça do Trabalho, na tarde desta quarta-feira, após entrar com ação contra a equipe no último dia 12. O atleta exigiu a rescisão contratual devido aos atrasos salariais, abono e 13º. A liminar foi concedida pelo juiz Francisco Charles Florentino de Souza, da 5ª Vara do Trabalho, em Santos. 

Com a decisão favorável, o jogador está livre para negociar por conta própria com outros clubes. O Cruzeiro, que pretende contar com o jogador para a temporada de 2015, era o principal interessado no caso. Mais cedo, a diretoria cruzeirense afirmou que estava acompanhando o desenrolar da ação judicial movida pelo lateral para retomar as investidas pelo jogador, que seria o substituto de Egídio, negociado com o futebol ucraniano na última semana. 

As negociações estavam muito adiantadas, mas a decisão do atleta surpreendeu as partes envolvidas na transferência. "Nós estávamos prontos para negociar com Santos a liberação do Mena, mas ele entrou na justiça e nós ficamos de braços amarrados. É preciso que ocorra uma definição a favor ou contra o jogador para voltarmos a negociar", disse Valdir Barbosa, gerente de futebol do Cruzeiro, antes de a liminar ser concedida a favor do atleta.  

Em uma reunião que aconteceu na segunda-feira, momentos antes do anúncio da ação judicial, o Santos confirmou que recebeu uma sondagem da Europa pelo jogador.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave