Santos critica aliciamento de atletas e fala em má gestão financeira

Nos últimos dias, diversos atletas e outros funcionários acionaram judicialmente o clube por atraso no pagamento de salários

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Chileno quer continuar no clube da Vila Belmiro
DIVULGAÇÃO/SANTOS
Chileno quer continuar no clube da Vila Belmiro

Em nota divulgada em seu site nesta quarta-feira (14), o Santos criticou o que chamou de "ataque especulativo" direcionado a jogadores de seu elenco, e indicou que o "eventual aliciamento" será denunciado à Justiça pelo clube.

Nas últimas semanas, diversos atletas e outros funcionários acionaram judicialmente o clube por atraso no pagamento de salários. O volante Arouca, o goleiro Aranha, o lateral Mena e o atacante Leandro Damião (emprestado ao Cruzeiro) são alguns dos atletas que acionaram a Justiça.

Os nomes de Arouca e Aranha foram especulados no Palmeiras, que não comenta o interesse nos jogadores.

Por outro lado, informamos que o clube está atento e irá combater o ataque especulativo presente em alguns desses movimentos.

"Destacamos que o eventual aliciamento identificado em certos casos é punível legalmente com a responsabilidade solidária de todos os envolvidos", diz trecho da nota.

Abaixo, a íntegra do comunicado santista:

"Diante da veiculação, na imprensa especializada, de alguns movimentos iniciados por atletas na Justiça do Trabalho, o Santos FC vem, por meio desta nota, destacar o que segue:

Não é de hoje que os clubes do futebol brasileiro vêm enfrentando grandes dificuldades financeiras. Podem ser enumerados diversos motivos para o quadro que atualmente se apresenta.

No caso do Santos FC, soma-se a esses motivos a má gestão financeira do clube nos últimos anos. Mesmo diante de toda essa dificuldade, o clube está ciente de seus prazos e compromissos e honrou com os mesmos na data de ontem.

Por outro lado, informamos que o clube está atento e irá combater o ataque especulativo presente em alguns desses movimentos.

Destacamos que o eventual aliciamento identificado em certos casos é punível legalmente com a responsabilidade solidária de todos os envolvidos.

Ao nosso torcedor, informamos que o Santos FC, por meio de sua Diretoria e de seu Departamento Jurídico, está atento no real interesse contido por trás de certas iniciativas e não medirá esforços para combatê-las, indo às últimas consequências jurídicas em relação a elas."

Leia tudo sobre: santosbriga judiciallateralmenanota oficial