Justiça dos EUA retira acusação de violência doméstica contra goleira

Com o fim do processo, Hope Solo poderá disputar com a seleção dos Estados Unidos, a Copa do Mundo Feminina, em junho, no Canadá

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Hope Solo usou as redes sociais para expressar o alívio pele fim do processo
Divulgação/ Facebook
Hope Solo usou as redes sociais para expressar o alívio pele fim do processo

A Justiça dos EUA retirou nesta terça-feira, as acusações de violência doméstica  contra a goleira da seleção feminina do país e do Seatle Reign , Hope Solo.  Desde o ano passado, a 'musa' do futebol norte-americano  enfrentava na justiça um processo de agressão contra a irmã e seu sobrinho. Com a decisão, o julgamento que estava previsto para esta semana foi suspenso.

Em junho de 2014, Hope  se envolveu em uma briga de família, na casa em que ela mora com o marido, o ex-jogador da liga de futebol americano dos EUA (NFL), Jerramy Stevens, na cidade de Kirkland. A goleira foi presa no centro de detenção em South King County, em Seattle,  acusada de ato violento de quarto grau e violência doméstica.

Segundo os policiais locais, Hope parecia estar embrigada e fora de si, e tanto a irmã quanto o sobrinho possuíam lesões visíveis.

Após receber a notícia de que as acusações haviam sido retiradas, a goleira resolveu expressar o sentimento de alívio nas redes sociais.

“A decisão de hoje (terça-feira) traz o fechamento para o que tem sido um dos momentos mais difíceis e emocionalmente desgastante da minha vida. Sempre tive fé, que uma vez que os fatos do caso fossem apresentados, eu seria inocentada de todas as acusações e estou muito feliz e aliviada por finalmente ter deixado isso para trás”, disse Hope no Facebook.

Com o fim do processo judicial, Hope poderá disputar com a seleção dos EUA, a Copa do Mundo Feminina, em junho, no Canadá.  

Leia tudo sobre: hope sologoleiraseleçao dos euajustiça