Após Santos anunciar que quitou salário, Damião continua sem receber

Atleta á acionou o clube na Justiça na terça para cobrar dois meses de pagamento atrasado

iG Minas Gerais | Folhapress |

Leandro Damião comemora primeiro gol marcado com a camisa do Santos
SANTOS FC/SITE OFICIAL/DIVULGAÇÃO
Leandro Damião comemora primeiro gol marcado com a camisa do Santos

O Santos anunciou na terça-feira (13) que os dois meses de salários atrasados aos jogadores foram quitados. No entanto, a reportagem apurou que o atacante Leandro Damião, que tem contrato com a equipe até 2018 e está emprestado ao Cruzeiro, não recebeu o pagamento.

O atleta acionou o clube na Justiça na terça para cobrar dois meses de pagamento atrasado, o 13º salário, fundo de garantia e férias.

A ação foi registrada pelo advogado Henrique José da Rocha na 4ª Vara do Trabalho, em Santos. A audiência foi agendada para 30 de março.

Damião foi a contratação mais cara da história do Santos. O jogador custou ao clube R$ 42 milhões. O valor foi pago ao Internacional com ajuda do do fundo de investimento Doyen Sport. O desempenho do atacante, no entanto, não empolgou. Fez apenas 11 gols em 44 jogos.

Acabou desprestigiado e o presidente do Santos, Modesto Roma Jr., empossado neste ano, chegou a declarar que foi a pior contratação da centenária história do clube.

Damião foi o sexto jogador a acionar a Justiça contra o Santos. Antes dele, Arouca, Mena, o meia Matheus Índio, o volante Renê Santos e o goleiro Felipe fizeram o mesmo.

Os dois últimos nem estavam no Santos no último ano. O goleiro deixou a equipe em 2012 e o volante no final 2013.

O goleiro Aranha deve ser o próximo. Nesta terça, o jogador faltou pelo segundo dia consecutivo ao treinamento.

Leia tudo sobre: leandro damiãojustiçasantospagamentoprocesso