Aplicativo mapeará catadores da cidade

Os catadores cadastrados nas cooperativas de Pernambuco receberam cem bicicletas coletoras, as Ciclolix, que substituíram as carroças

iG Minas Gerais | Joana Suarez |

Os belo-horizontinos vão ganhar neste ano um auxílio na busca por cooperativas mais próximas de sua residência (e assim pedir o recolhimento do lixo) e também para localizar os pontos de recebimento de materiais recicláveis. É o dispositivo para celulares AplicativoLix, já lançado no recife, em 2014. Ele deve chegar a Belo Horizonte juntamente com a Expolix, uma exposição de fotos que valoriza a função dos catadores.  

A tecnologia faz parte do projeto Relix, que no Nordeste foi viabilizado pela Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade, com o patrocínio do Sesi. “O Relix tem boa chance de chegar a BH já no primeiro semestre. Inclusive numa versão mais avançada”, afirmou a idealizadora do projeto, Lina Rosa Vieira.

Os catadores cadastrados nas cooperativas de Pernambuco receberam cem bicicletas coletoras, as Ciclolix, que substituíram as carroças. O Relix conta ainda com peça de teatro, cartilha e doação de lixeiras seletivas para escolas. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave