Serviço será ampliado para 50 bairros

A SLU informou, por meio de nota, que a proposta será inclusa no Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos

iG Minas Gerais | Joana Suarez |

Após sete anos sem avanços, o serviço de coleta seletiva porta a porta passará a ser realizado em 50 bairros, conforme prevê a LOA 2015. Atualmente, são 34. Uma das propostas discutidas no ano passado era iniciar em 2015 um projeto piloto com as cooperativas de reciclagem da capital em alguns dos locais a serem incluídos no programa. Os próprios catadores seriam contratados para fazer o serviço. Mas, por enquanto, o projeto não vai sair do papel.  

“Conversamos com comerciantes e moradores do bairro Floresta e conseguimos um ponto de apoio para os catadores. A coleta seria feita por nós, de uma forma mais próxima da população, mas até agora a SLU não nos deu uma previsão”, contou a presidente da Coopesol Leste, Vilma da Silva.

A SLU informou, por meio de nota, que a proposta será inclusa no Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos – que planejará ações para os próximos 20 anos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave