Entre 3 mil e 5 mil europeus se juntaram a grupos terroristas

Eles poderiam representar uma ameaça ao retornar a seus países de origem

iG Minas Gerais | AFP |

ASSOCIATED PRESS/FRANCOIS MORI
undefined

O diretor da Europol considerou nesta terça-feira em Londres que entre 3.000 e 5.000 europeus partiram para se juntar a grupos terroristas em países como a Síria, e que eles poderiam representar uma ameaça ao retornar a seus países de origem.

"Estamos falando de entre 3.000 e 5.000 cidadãos da União Europeia", declarou Rob Wainwright ao ser interrogado pela comissão de assuntos internos do Parlamento britânico sobre o número de pessoas que deixaram a Europa para combater no Oriente Médio.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave