Tio mata sobrinho e morre nas mãos dos amigos da vítima em Espinosa

Antes de ser assassinado, o suspeito teve a casa incendiada; grupo que cometeu o segundo homicídio teria fugido para a Bahia

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

A Polícia Militar de Espinosa, no Norte de Minas, está à procura de cinco criminosos que mataram um homem de 47 anos nessa segunda-feira (12). O crime aconteceu depois que a vítima matou o próprio sobrinho, que era amigo dos suspeitos.

Segundo o boletim de ocorrência da corporação, o corpo de Deivson  Vicente dos Santos, de 22 anos, foi localizado na rua José Teles Feliciano, no bairro Santa Cláudia. Ele estaria perto de um bar discutindo com uma adolescente. Durante a briga, a menor pediu ajuda e foi socorrida por Júlio Vicente dos Santos, tio do jovem.

Eles se desentenderam e Júlio atirou. Em seguida, ele fugiu. Revoltados com o assassinato, familiares dos dois envolvidos no caso incendiaram a casa do suspeito. A notícia da morte de Deivson se espalhou pela cidade e, para se vingarem, amigos começaram a procurar pelo tio do jovem.

Eles foram até uma casa no povoado de Sussuarana procurando pelo suspeito, mas não o encontraram. Irritados, eles ainda dispararam contra o portão da casa. Ninguém se feriu.

Ainda durante o registro da morte de Deivson, policiais receberam denúncias anônimas informando que Júlio foi assassinado no Povoado de Estreito. Os nomes dos atiradores foram repassados à corporação, mas eles não foram mais vistos.

Existe a suspeita que os criminosos tenham deslocado para alguma cidade do Sul da Bahia. A polícia baiana já foi comunicada e faz rastreamento na região.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave