Idoso usa suas muletas para assassinar amigo que o chamou de 'corno'

Crime aconteceu na casa do suspeito; agressor foi preso em uma plantação de milho com um pote de veneno no bolso

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Um homem de 54 anos foi assassinado pelo amigo a golpes de muleta, nessa segunda-feira (12), em Novo Cruzeiro, no Vale do Mucuri. Na versão do suspeito, o crime aconteceu depois que a vítima o chamou de “corno”.

Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar, José Maria Batista estava na casa do agressor, localizada na zona rural da cidade, conversando com o idoso de 78 anos quando, por motivo não esclarecido, eles começaram a discutir.

Durante a briga, o criminoso pegou suas duas muletas e atingiu o rosto de Batista. Não satisfeito, ele ainda pegou mais dois pedaços de madeira e o atingiu no tórax. A vítima morreu na hora e foi deixada na sala do autor.

Militares estiveram no local e conseguiram localizar o agressor em uma plantação de milho nos fundos do imóvel. No bolso da sua camisa, militares encontraram uma substância semelhante a chumbinho, veneno usado para ratos.

Ao ser preso, ele confessou o crime. Na sua versão, o amigo, além de lhe chamar de corno, teria lhe dito vários palavrões. O suspeito foi encaminhada ao quartel de Teófilo Otoni, na mesma região.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave