Adolescente vai repetir exame para febre maculosa

Garoto recebeu alta nesta segunda; médica disse que chances dele ter contraído doença “são reais”

iG Minas Gerais | Aline Diniz |


Entre sintomas do adolescente estão manchas pelo corpo
Arquivo pessoal
Entre sintomas do adolescente estão manchas pelo corpo

Após 12 dias de internação, Jarod Marcelino, 15, suspeito de ter contraído febre maculosa, recebeu alta nesta segunada do Hospital Belo Horizonte. Apesar de o primeiro exame da Fundação Ezequiel Dias (Funed) para a doença ter tido resultado negativo, o garoto vai repetir o teste, já que é possível que a primeira avaliação não acuse a presença da bactéria no organismo.

Diretora clínica do hospital e médica de Marcelino, Maria José Ferreira, considera que “as possibilidades de o adolescente ter tido a doença são reais”. Segundo a médica, ele fez exames para outras doenças como meningite, toxoplasmose, dengue, citomegalovírus e hepatite, e todos os resultados foram negativos.

Mesmo com os outros exames “negativos”, a médica recomendou que o da febre maculosa fosse repetido, porque o garoto teve sintomas típicos da doença – o garoto teve febre, dor de cabeça, manchas pelo corpo, dor abdominal, dificuldade para se alimentar e sangramento nasal. Além disso, o quadro evoluiu para uma pneumonia, típico dos casos da febre. Ele ficou doente após passear na orla da lagoa da Pampulha, onde a contaminação das capivaras com o carrapato transmissor da doença é uma preocupação.

“Acho que ela colocou provável para não causar pânico na população, porque ela me garantiu que o que o meu filho teve foi febre maculosa”, disse a mãe do adolescente, Andréa Castanon.

Jarod respondeu bem ao tratamento com antibióticos usados para tratar especificamente febre maculosa.

Campanha

Ação. A Prefeitura de Belo Horizonte vai distribuir nas nove regionais da cidade, a partir desta terça, cartilha com orientações de prevenção da febre maculosa. Os textos também estão disponíveis no site da secretaria.

Geral. O Executivo afirmou que a ação será para toda a cidade porque não há indicações da presença de carrapatos vetores da doença em nenhum ponto específico.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave