Jogador chileno é impedido de jogar Copa da Ásia pela Palestina

Jogador tem raízes familiares no país e teve pedido negado pela Fifa

iG Minas Gerais | AFP |

A Fifa rejeitou o pedido do atacante chileno Matías Jadue de disputar a Copa da Ásia com a seleção da Palestina, onde tem suas raízes familiares, revelou nesta segunda-feira o jogador de 22 anos na sua conta do Twitter.

"De volta ao Chile! a Fifa não reconheceu minha mudança de nacionalidade para a Copa da Ásia. Agradeço a todos que tornaram possível minha chegada à seleção e estou tremendamente orgulhoso por vestir esta camisa. Será para a próxima, libertem a Palestina!", publicou o atleta, sem fornecer detalhes sobre o que motivou a decisão da Fifa.

O chileno de origem palestina fez a preparação em Dubai com o resto da seleção, com a qual disputou até alguns amistosos.

Outro chileno foi autorizado a defender a Palestina, Alexis Norambuena, que ficou no banco na derrota de 4 a 0 para o Japão, que marcou a estreia da da equipe na Copa da Ásia, disputada na Austrália.

O Chile concentra a mais numerosa colônia palestina fora dos territórios palestinos, com mais de 300.000 pessoas. Existe até um clube de primeira divisão chamado Club Deportivo Palestino, que soma dois títulos nacionais, conquistados em 1955 e 1978.

A Federação Palestina de futebol foi criada em 1962, e aceita como membro da Fifa apenas em 1998.

Veja a mensagem do jogador em seu perfil no Instagram:
Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave