Estudo certifica veracidade de cartas psicografadas por Chico Xavier

Pesquisa foi realizada pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF); primeiras cartas apresentam conteúdos verídicos e outras ainda serão analisadas

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Mensagens de parentes e amigos impressionavam pelos detalhes
agëncia Estado - 4.9.2000
Mensagens de parentes e amigos impressionavam pelos detalhes

Uma pesquisa realizada por um núcleo da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) concluiu que informações contidas em lote de cartas psicografadas pelo médium Chico Xavier são verídicas.

A análise continha treze cartas de Jair Presente, morto por afogamento em 1974, na cidade de Americana (SP). As correspondências começaram a ser psicografadas pelo médium Chico Xavier ainda no ano da morte e prosseguiram até 1979.

O diretor do Núcleo de Pesquisas em Espiritualidade e Saúde (NUPES-UFJF), Alexander Moreira Almeida diz que estudo teve início em 2011 e foi feito em parceria com o Departamento de Psiquiatria da Universidade de São Paulo (USP), a partir do pós-doutorado dos pesquisadores Denise Paraná e Alexandre Rocha.

Segundo o pesquisador, o resultado foi publicado em setembro de 2014 pela  revista científica Explore, da Holanda. Ele ressalta que através de análises ficou comprovado que o  conteúdo das cartas psicografadas por Chico Xavier a Jair Presente é verídico.

Almeida diz ainda que a análise foi feita nas cartas originais, das quais foram extraídas 99 informações objetivas e passíveis de verificação.

Conforme o pesquisador, o intuito era comprovar se Chico Xavier poderia ter tido acesso a essas informações por meios convencionais e se as cartas continham dados verídicos e específicos em relação ao falecido.

Almeida diz que a família de Jair Presente foi entrevistada para ajudar na comprovação do conteúdo das cartas. Ele citou como exemplo o falecimento da madrinha da mãe de Presente, fato que ainda não era do conhecimento da família.

Não terminou - O psiquiatra Alexander Moreira Almeida informou que o resultado de outro lote de cartas psicografadas por Chico Xavier, também investigado por Denise Paraná e Alexandre Rocha, será publicado em breve.

 

 

Leia tudo sobre: Chico Xavierestudopesquisaveracidadecartas