Conforme a demanda pede

No ar no “Papo de Mallandro”, atração do canal pago Multisow, Ligia Pessoto prefere a arte do improviso

iG Minas Gerais | raquel rodrigues |

“Tenho vontade de fazer alguma coisa que não seja tão ligada ao humor. Mas, como uma coisa puxa outra, fiquei na área”
CZN
“Tenho vontade de fazer alguma coisa que não seja tão ligada ao humor. Mas, como uma coisa puxa outra, fiquei na área”

Ligia Pessoto tem uma trajetória na televisão brasileira marcada por programas de humor. Atualmente no ar no “Papo de Mallandro”, comandado por Sérgio Mallandro, ela destaca que o mais gosta de trabalhar na área de humor é a possibilidade de improvisar sobre os textos.

Além do programa, a atriz também participou do “Zorra Total”, “Pânico na TV” e de “Uma Escolinha Muito Louca”. Foi só depois dessa leva de trabalhos cômicos em diferentes emissoras que surgiu o convite para integrar a produção do canal pago Multishow. Por ser amiga do apresentador há muitos anos, Ligia recebeu uma ligação inusitada para participar do tradicional quadro de pegadinhas. “Com o Sérgio Mallandro, é tudo na brincadeira. Então, um dia antes de começar a gravar, ele me ligou, me chamou e eu fui”, conta Ligia, feliz com o momento.

Apesar da empatia por programas humorísticos, Ligia não esconde o desejo de ter outras experiências na dramaturgia. “Tenho vontade de fazer alguma coisa que não seja tão ligada ao humor. Mas, como uma coisa puxa outra, fiquei nessa área até hoje”, comenta a humorista.

Além do “Papo de Mallandro”, Ligia Pessoto fez uma pequena participação na série “Fred & Lucy”, também do Multishow, ao lado de Fernando Caruso, no ano passado. “Já tinha trabalhado com ele no ‘Zorra Total’ antes. Então, gostei bastante de fazer, pois o Caruso deixa improvisar em cima do texto e isso é ótimo”, relata ela.

Para 2015, os planos da atriz são de cursar uma faculdade de jornalismo para trabalhar como repórter esportiva. A vontade de apostar na área surgiu quando integrou o time de comentaristas do programa “Olho do Furacão”, do ex-jogador Jairzinho. “Entrei por ser engraçada e falar muita besteira no ar. Tive de estudar um pouco porque não sabia nada de técnica, mas gostei bastante da oportunidade”, diz, aos risos. Preferências

A que gosta de assistir: Documentários, filmes, desenhos e shows A que nunca assistiria: Programas que tenham violência O que falta na TV: Mais programas de humor como antigamente O que sobra na TV: Mulher fruta Ator: Antonio Fagundes Atriz: Glória Pires Novela preferida: “Mulheres de Areia”, de Ivani Ribeiro Vilão marcante: Raquel, interpretada por Glória Pires em “Mulheres de Areia” Música: MPB Autora: Clarice Lispector Diretora: Amora Mautner

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave