Moradores do Morro do Papagaio interditam avenida com lixo e entulhos

Grupo diz que está sem coleta há 12 dias e ameaça colocar fogo nos resíduos; SLU afirma que resíduos domiciliares são recolhidos todos os dias

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Avenida principal está fechada
Webréporter
Avenida principal está fechada

Insatisfeitos com a falta de coleta de lixo, alguns moradores do aglomerado Morro do Papagaio, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, tomaram uma decisão drástica. Eles fecharam uma das avenidas do local com vários sacos de lixo.

Segundo um dos moradores, que pediu para não ter o nome divulgado, contou à reportagem de O TEMPO que o caminhão não passa no aglomerado há 12 dias. “Não temos mais lugar para colocar tanto lixo. Não sabemos o que aconteceu, mas também não procuramos a prefeitura”, contou o homem.

Como “protesto”, algumas pessoas fecharam a avenida Principal com pedaços de madeiras, diversos sacos plásticos e até um sofá. Além de interditarem a via, eles prometem, caso o problema não seja resolvido, colocar fogo nos resíduos para que possa atingir a fiação elétrica.

“Já fizemos isso uma vez. Colocamos fogo em tudo. Rapidinho apareceu polícia e bombeiros. Queremos providências”, disse o morador.

A assessoria de imprensa da Superintendência de Limpeza Urbana (SLU) informou à reportagem de O TEMPO que a coleta de lixo domiciliar é feita todos os dias na parte da manhã.

Ainda segundo a superintendência, os funcionários não recolhem entulhos e, por esse motivo, houve acúmulo de lixo na região.

Mesmo assim, nessa sexta-feira (9), ainda de acordo com a SLU, oito caminhões recolheram o lixo. Os trabalhos devem continuar nesta segunda-feira (12).  

Leia tudo sobre: MORRO DO PAPAGAIOLIXOSLUSOFÁENTULHOS