Homem é espancado até a morte dentro de bar na região do Barreiro

Vítima pediu que dona do comércio não deixasse que ele fosse morto; autoria e motivação do crime ainda são um mistério

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Um homem de 39 anos foi espancado até a morte, na madrugada deste sábado, em um bar da região do Barreiro, em Belo Horizonte. A autoria e motivação do crime são desconhecida.

Conforme o boletim de ocorrência da Polícia Militar, a dona do estabelecimento comercial, localizado na avenida Warley Aparecido Martins, no bairro Solar do Barreiro, contou que estava atendendo clientes quando percebeu uma confusão em outro ambiente do comércio.

Em seguida, Valmir Souza Santos chegou correndo e pedindo para que ela não deixasse que ele fosse morto. Outras pessoas que estavam no bar ficaram desesperadas e saíram correndo sem quitar a conta. Com medo, a proprietária do estabelecimento saiu correndo e se escondeu em casa, que fica no segundo andar.

De lá, a mulher escutou barulho de garrafas sendo quebradas e um tiro. Quando retornou, a comerciante já encontrou a vítima sem vida no meio da rua. Segundo a perícia, Santos apresentava vários hematomas no rosto, além de um corte profundo no tórax. No entanto, ele não tinha ferimentos provocados por arma de fogo.

O irmão do homem esteve no local do crime, mas não soube informar quem seriam os autores das agressões. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave