TVs ficam mais finas e ganham mais cor

Os aparelhos utilizarão pontos quânticos, que têm nanocristais como fonte de iluminação

iG Minas Gerais |


Drone da EHang, controlado por smartphone, pousa com um clique
Ethan Miller
Drone da EHang, controlado por smartphone, pousa com um clique

LAS VEGAS, EUA. A Consumer Electronics Show (CES), um dos maiores eventos de tecnologia do mundo, abre a temporada de lançamentos de alguns dos mais importantes fabricantes do setor. Tradicionalmente palco de novidades para o setor de TVs, a CES está recebendo uma nova geração de sistemas operacionais de televisores inteligentes.  

A Samsung revelou a tecnologia Suhd para suas TVs 4K (que também são conhecidas como UHD, ultra alta definição). A super ultra-alta definição (ufa!) não está ligada a mais pixels. E sim às cores reproduzidas. Tem 20% mais cores do que os aparelhos convencionais.

Os aparelhos utilizarão pontos quânticos, que têm nanocristais como fonte de iluminação. A tecnologia vem surgindo como uma alternativa mais barata ao Oled. A LG também já apresentou modelos do tipo. Serão três famílias de TV com modelos entre 48 e 88 polegadas.

Já a Sony anunciou na CES a sua nova linha de aparelhos com tecnologia visual 4K. Entre os produtos, está uma nova TV Ultra HD de apenas 4,9 milímetros de espessura – mais fina do que o smartphone Xperia Z3. A TV, da série X9000C, é um dos 11 modelos 4K que a companhia deve lançar neste ano, todos com sistema operacional Android.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave