Regras devem ser seguidas para que foco seja mantido

De vez em quando, alguns integrantes com maior perda de peso ganham brindes, como períodos de gratuidade em academias da cidade

iG Minas Gerais | Bernardo Almeida |

Definir um ideal a ser atingido de maneira realista é a primeira premissa do projeto Quase Ex-Gordinhos. Afinal, estabelecer metas fictícias costumam gerar muita frustração.  

Ninguém precisa pagar nada para participar do Quase Ex-Gordinhos, mas há algumas normas para continuar integrando o projeto. Há um mínimo de peso que deve ser perdido por mês, 2 kg, e quem não o cumpre em um mês paga um brinde de R$ 10 ao que mais perdeu, e quem o fizer durante dois meses consecutivos é expulso, o que pode ser revisto pelo administrador de cada subgrupo.

Quem não perder peso durante duas semanas seguidas (exceto quando a mulher está em período menstrual) também está sujeito à mesma sanção. Assim como não é tolerado que ninguém tenha aumento de peso de mais 700 g por semana. Também está sujeito a expulsão quem falta a duas pesagens consecutivas.

De vez em quando, alguns integrantes com maior perda de peso ganham brindes, como períodos de gratuidade em academias da cidade. E, recentemente, o Quase Ex-Gordinhos recebeu uma boa notícia.

“Nós temos dificuldades por não cobrar nada e não ter como pagar profissionais, mas, nesta semana, por exemplo, fizemos uma parceria com três nutricionistas, um para cada grupo, e uma fisioterapeuta”, comemora Danielle Mourão. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave