Avacoelhada

iG Minas Gerais |

América e Taboão da Serra se enfrentam, às 16h, na terceira rodada da Copa São Paulo. O Coelhãozinho está em processo de reconstrução. Em relação à Taça BH, Roger foi o único titular. Addam jogou porque Paulinho estava machucado. Santiago não participou da Copinha devido ao prazo de inscrição. No confronto com a Chapecoense, Leo Mota e Pabrício estavam suspensos, e Guilherme, afastado por recomendação médica. Michel, 17 anos, e Marcinho, de 16, participaram do jogo. Addam, Christian e Zé Ricardo possuem mais características de volantes com habilidade para sair jogando do que meias de ligação. Enfim, a equipe começou a ser remontada depois do Mineiro do ano passado. Mas o desmanche e a remontagem deveriam ter começado a partir de fevereiro de 2014, a fim de acelerar a transição para o profissional e privilegiar a Copa SP.

A voz da Massa Saudações alvinegras! Parece que Guilherme, ao contrário do que parecia estar decidido, não vai mais sair do Galo e deve renovar contrato com o clube. Eu acho isso ótimo, pois, se alguns ainda têm resistência a ele, eu e outros tantos atleticanos apoiamos a permanência de Guilherme no clube, por entender que, tecnicamente falando, não existe no Brasil jogador como ele, capaz de em apenas um lance de genialidade decidir uma partida. A diretoria deve ter percebido os preços exorbitantes que andam cobrando por jogadores meia- boca no mercado e levado a bom termo que é melhor dar a Guilherme o valor real que ele tem, como jogador diferenciado e totalmente adaptado aqui no Galo. Quem viu Guilherme na TV ouviu-o dizer, com lágrimas nos olhos, que quer ficar não por mera formalidade, mas para ser útil de verdade ao Galo. E isso, amigos, faz toda a diferença.

A voz Celeste Saudações celestes, nação azul. Hoje, às 16h, tem nosso futuro na Copa São Paulo de Futebol Júnior. O Cruzeiro tem a chance de sair com uma ótima pontuação na primeira fase, já que ganhamos as duas primeiras. O adversário da vez é o Primavera, time que não pontuou e já está eliminado da competição. Continuo e persisto em dizer que já temos grandes nomes na base que serviriam ao time principal. O que mais me chamou atenção foi realmente Gabriel Moura, volante, ótimo jogador. Mas admito que também fico tranquilo ao ver Hugo Ragelli, Gabriel Louzada, Daniel e Georgemy (seleção sub-20) já com potencial de time principal. Talvez seria o caso de usarmos essa turma no Mineiro e manter a tradição de revelar grandes nomes. A Copa São Paulo é uma competição difícil, principalmente porque todo mundo quer mostrar serviço. Confio na garotada.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave