Explosão em mesquita xiita no Paquistão deixa ao menos 7 mortos

O ataque ocorreu quando a minoria xiita se reunia na mesquita para distribuir esmolas por ocasião do aniversário do profeta Maomé

iG Minas Gerais | AFP |

Xiitas choram perto do local da explosão
AFP PHOTO / FAROOQ NAEEM
Xiitas choram perto do local da explosão

Pelo menos sete pessoas perderam a vida e outras 15 ficaram feridas nesta sexta-feira após uma forte explosão, registrada em uma mesquita xiita na cidade paquistanesa de Rawalpindi, informou a polícia.

O ataque ocorreu quando a minoria xiita se reunia na mesquita para distribuir esmolas por ocasião do aniversário do profeta Maomé.

"Morreram sete pessoas e 15 ficaram feridas e (o balanço) pode aumentar", disse à AFP o funcionário Sajid Zafar Dall.

"Havia entre 100 e 150 pessoas na mesquita na hora da explosão", acrescentou Dall, informando que se desconhece a origem da detonação.

Muhamad Salim, oficial da polícia local, disse à AFP que não se descarta que "se trate de um atentado suicida".

"É um caso total. Por enquanto, não há mais informação, mas há corpos e feridos na mesquita", disse.

Por enquanto, ninguém reivindicou o ataque, mas no passado, militantes talibãs e da Al-Qaeda atentaram contra a minoria xiita do país.

O Paquistão reforçou sua ofensiva contra os talibãs desde o ataque a uma escola do exército, em dezembro, no qual morreram 150 pessoas, sendo 134 crianças.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave