Raúl Castro condena ato terrorista em mensagem a presidente da França

Presidente cubano enviou condolências ao governante francês, François Hollande; ataques na capital francesa levantaram uma onda de revolta por todo o mundo

iG Minas Gerais | AFP |

Lista divulgada pelo presidente Raúl Castro também inclui microondas e alarmes de carro, entre outros eletrônicos
DADO GALDIERI/ASSOCIATED PRESS - 28.12.2007
Lista divulgada pelo presidente Raúl Castro também inclui microondas e alarmes de carro, entre outros eletrônicos

O presidente cubano Raúl Castro enviou mensagem de condolências ao presidente francês François Hollande e condenou o atentado terrorista contra a revista Charlie Hebdo, informou nesta sexta-feira à AFP uma fonte da chancelaria cubana.

A França se encontra em crise desde que na quarta-feira dois homens executaram 12 pessoas na redação da revista Charlie Hebdo e se encontram foragidos, além de uma situação de reféns na periferia de Paris que estaria relacionada com os supostos terroristas jihadistas.

Os violentos acontecimento levantaram uma onda de repúdio em todo o mundo.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave