Voos têm rotas modificadas durante busca por suspeitos de tiroteio

Polícia francesa usa helicópteros para tentar localizar os atiradores; autoridades acreditam que os suspeitos sejam os irmãos procurados pelo atentado à "Charlie Hebdo"

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

Alterações são normais, neste tipo de situação, segundo Air France
Reprodução
Alterações são normais, neste tipo de situação, segundo Air France

Um tiroteio, na manhã desta sexta-feira (9), entre dois suspeitos e a polícia, na cidade de Dammartin-en-Goële, região Nordeste da França, modificou a rota de voos que passam pelo aeroporto Charles-de-Gaulle. A polícia francesa acredita que os suspeitos sejam os dois irmãos procurados pelo atentado terrorista à revista "Charlie Hebdo", nessa quarta-feira (7), que mataram 12 pessoas.

De acordo com o "Flightradar", o tiroteio aconteceu a cinco quilômetros do aeroporto, em seu lado nordeste. Dois voos da companhia Air France foram abortados de pousar no terminal. Na parte sul do aeroporto, os pousos foram liberados.

Flights are landing at CDG southern runway again (26L), after 7-8 go arounds last hour http://t.co/D2hMGRkS2r pic.twitter.com/0dFQPhbshh

— Flightradar24 (@flightradar24) 9 janeiro 2015

Segundo explicação da companhia ao "Flightradar", esse procedimento é normal e foi solicitado pelas autoridades, que utilizam helicópteros para realizar as buscas pelos suspeitos.

Toda a região está cercada por policias fortemente armados. Esse é o segundo tiroteio após o massacre contra jornalistas.

All runways at CDG are open, but northern runways are used for take offs only http://t.co/f6WtqYcvSa pic.twitter.com/ZXUQFryBDS

— Flightradar24 (@flightradar24) 9 janeiro 2015

Leia tudo sobre: tiroteiomodificaçãorotavoosatentadorevista