Opinião

iG Minas Gerais |

Tempo ruim para o município, que perdeu uma verba federal de R$ 1,4 milhão a ser usada na construção de um restaurante popular no Teresópolis. Os últimos gestores, MDC e Carlaile Pedrosa, não conseguiram entregar a documentação necessária nem disponibilizaram contrapartida (recurso próprio) de R$ 350 mil para garantir a verba. Só com o aluguel do prédio onde funciona o restaurante, são gastos R$ 72 mil/ano.

Tempo ruim para os usuários do transporte público. A passagem subiu de R$ 2,85 para R$ 3,10 (9%). Esse é o segundo reajuste na tarifa em apenas sete meses.

Tempo ruim para a prefeitura, que, para tentar aumentar a arrecadação, mudou a lei de limpeza de lotes, aumentando a multa para os infratores. O problema é que faltam estrutura de fiscalização e campanhas para fazer cumprir a lei.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave