Homem executa companheira a facada e depois tenta se matar

Suspeito foi socorrido e encaminhado em estado grave para o Hospital de Pronto-socorro João XXIII (HPS); testemunhas contaram para PM que enquanto matava a própria mulher, homem dizia que "nunca mais ela iria o trair"

iG Minas Gerais | CAMILA KIFER |

Uma jovem morreu após ser esfaqueada pelo próprio marido na casa em que o casal morava no bairro Casa Branca, na região Leste de Belo Horizonte, no fim da tarde desta quinta-feira (8). Depois de atingir a mulher, o suspeito tentou se matar, mas, acabou socorrido e passa por uma cirurgia.

Conforme informações de militares da 23ª Cia da Polícia Militar (PM), testemunhas contaram que enquanto esfaqueava a própria companheira, o marido dizia que "nunca mais ela iria o trair". Jéssica Fernandes Amaro Rodrigues, de 28 anos, teve um corte profundo no pescoço. Uma unidade do Samu chegou a comparecer ao endereço, mas ela havia perdido muito sangue e já estava sem vida.

Após o crime, o marido da vítima, identificado pelas iniciais B.B.S, tentou se matar, atingindo o próprio pescoço com a mesma faca que havia matado a companheira. A equipe do Samu socorreu o homem que foi levado, sob escolta, para o Hospital de Pronto-socorro João XXIII (HPS).

A faca usada no crime foi recolhida e estava torta. O irmã da jovem chegou a comparecer a casa e, muito abalado, ele não conseguiu falar com a polícia sobre a relação da irmã com o suspeito.

A PM ainda tentou localizar algum boletim de ocorrência, que poderia ter sido feito pela jovem contra o marido, mas nada foi encontrado.     

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave