Paratleta do Praia Clube tenta entrar para o Guiness Book

Verônica Almeida vai participar de desafio que deve durar entre cinco e sete horas nas águas de Salvador

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Verônica, além de ser atleta, ministra palestras dando exemplo de motivação e superação
Divulgação
Verônica, além de ser atleta, ministra palestras dando exemplo de motivação e superação

Será nas águas de Salvador, sua cidade natal, que a paratleta Verônica Almeida, de 39 anos, do Praia Clube, de Uberlândia, irá tentar bater um recorde para entrar no Guiness Book. Ela vai enfrentar entre cinco e sete horas de natação, no estilo borboleta, em mar aberto, no Super Desafio Caixa Loterias Mar Grande-Salvador.

Ela começará a dar suas braçadas ás 5h da próxima segunda feira e carregará consigo o desafio de completar a prova que existe há 52 anos.

A profundidade no Baía de Todos os Santos, considerada a maior do país, atinge 40 metros no canal de passagem dos navios cargueiros.

As correntes marítimas, que podem aparecer a favor ou contra, serão apenas um dos obstáculos. A atleta descobriu, há nove anos, que sofre da Síndrome de Elhers-Danlos, doença degenerativa e progressiva, ainda sem cura.

Há sete anos, ela começou na carreira esportiva, que lhe trouxe importantes conquistas ao redor do mundo. Verônica já participou de 35 competições internacionais com 87 medalhas de ouro, duas de prata e 10 de bronze, incluindo um bronze no Cubo D´água nas Olimpíadas de Pequim, em 2008 e a consagração como a Melhor Atleta de Natação de 2008 a 2012 pelo Comitê Paralímpico Brasileiro.

Em 2013, no Mundial da Colômbia, ela ganhou cinco ouros e foi considerada a nadadora mais rápida do mundo no nado peito. No ano passado, foram ao todo 30 medalhas de ouro em cinco competições internacionais (Colômbia, Califórnia, Argentina, Dinamarca e Holanda) e uma no Brasil (Circuito Brasileiro).

Três barcos darão suporte para a baiana: uma ambulancha, outra com a equipe técnica e mais um com integrantes da produção de conteúdo audiovisual, já que um documentário está sendo produzido contando sua história de vida. Na praia do Porto da Barra, uma ambulância estará a postos. No barco guia, estará Alexandre Vieira, técnico da seleção brasileira paralímpica de natação.

Verônica é formada em Educação Física pela Universidade Católica de Salvador, com pós-graduações em Ciência do Treinamento Neuromuscular pela Universidade Federal da Bahia e em Fisiologia do Exercício pela Universidade Gama Filho- RJ, atuando por mais de 10 anos como preparadora física.

Ela dá palestras ao redor do mundo, já foram mais de 300 ministradas em países como México, França e Colômbia.