Falta de apoio afasta times locais de conquistas

Final metropolitana será entre Brumadinho e Vasco, de Esmeraldas

iG Minas Gerais | Evandro Teles |

Apesar de ter vencido o Torneio Corujão em 2012, o Renascença não vai bem na Copa Itatiaia
Renascença/divulgação
Apesar de ter vencido o Torneio Corujão em 2012, o Renascença não vai bem na Copa Itatiaia

A falta de apoio do poder público e da iniciativa privada tem colocado os times betinenses que disputam a Copa Itatiaia como meros coadjuvantes na competição. Na edição deste ano, a situação dos anos anteriores se repetiu. Renascença e São Caetano foram eliminados na primeira fase da chave metropolitana do tradicional torneio, que é disputado há 54 anos.

“Para se ter uma ideia, as duas equipes que fazem a final da chave metropolitana neste domingo (11), em Ibirité, eliminaram os times betinenses. Tanto o Brumadinho, quanto o Vasco, de Esmeraldas, recebem forte apoio em suas cidades”, revelou o diretor da Liga de Desportos de Betim (LDB), Henrique Carvalho.

Segundo ele, o Minas, do Citrolândia, foi a última equipe betinense a levantar a taça da Copa Itatiaia, na temporada 1999/2000.

“Se nada for feito, a situação tende a se repetir nos próximos anos, infelizmente. A diferença de investimento entre as nossas equipes e outras, como Vasco e Brumadinho, é muito grande”, avaliou. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave