Esperamos dar em breve uma boa notícia, diz Corinthians sobre Dudu

Timão fez proposta e teria acertado até data do pagamento, mas Dínamo de Kiev quer garantias bancárias para evitar calote

iG Minas Gerais | Folhapress |

Dudu já mostra que poderá ser uma peça importante para o Grêmio no restante da temporada
Lucas Uebel/Grêmio
Dudu já mostra que poderá ser uma peça importante para o Grêmio no restante da temporada

O gerente de futebol do Corinthians, Edu Gaspar, se recusou a dar detalhes sobre o andamento da negociação com Dudu, 23, do Dínamo de Kiev (UCR).

"Não quero atrapalhar o andamento das conversas dizendo qualquer coisa. Mas a gente espera poder dar em breve uma boa notícia para o torcedor corintiano", disse antes de embarcar com os jogadores para os Estados Unidos, onde a equipe vai realizar pré-temporada em Orlando.

Questionado sobre o interesse do São Paulo no jogador, Gaspar apenas sorriu, antes de repetir: "A gente espera poder dar em breve uma boa notícia para o torcedor corintiano."

O Corinthians apresentou uma proposta de R$ 13 milhões para comprar 60% do atacante que estava emprestado ao Grêmio no último Campeonato Brasileiro. O clube de Parque São Jorge acreditava que tudo estava fechado, inclusive com o pagamento da primeira parcela programado para maio deste ano.

Mas o time ucraniano, temendo calote, pediu a apresentação de garantias bancárias, o que o Corinthians não conseguiu até agora.

A grande arma do clube alvinegro é a vontade do jogador. Dudu disse querer se transferir para o Corinthians. A declaração teve um efeito calculado: criar um mal estar com a diretoria do São Paulo e forçar a ida para o Parque São Jorge. O Corinthians já pagou até mesmo parte da luva pela transferência do jogador.

O São Paulo apostou na negociação com o Dínamo e ofereceu pagar R$ 11 milhões por 50% dos direitos econômicos. Isso seria feito em quatro prestações, a primeira no ato da compra. A disposição da equipe de Kiev em negociar é o que dá esperança ao presidente Carlos Miguel Aidar de levar Dudu para o Morumbi.

Para a diretoria corintiana, a contratação de Dudu continua sendo uma questão de horas.

Leia tudo sobre: corinthiansdudutransferênciacontrataçãodínamo de kiev