Charlie Hebdo voltará a ser publicada na próxima semana

Equipe de jornal francês se reuniu nesta quinta-feira (8) ; "vamos fazer de qualquer jeito, porque a estupidez não vai vencer", afirmou chefe de redação

iG Minas Gerais | AFP |

O jornal Charlie Hebdo, alvo de um atentado na quarta-feira (7) que matou 12 pessoas em Paris, voltará a ser publicada na próxima semana, anunciou um de seus cronistas, Patrick Pelloux.

"Vamos seguir, decidimos voltar a sair na próxima semana. Estamos todos de acordo", disse Pelloux, que também é médico.

"Vamos fazer em casa", acrescentou, ressaltando que atualmente não há acesso à sede da revista devido à investigação.

"É uma situação muito dura, estamos todos com nossa pena, nossa dor, nossos medos, mas vamos fazer de qualquer jeito, porque a estupidez não vai vencer. Charb (diretor da publicação, morto na quarta-feira no atentado) sempre dizia que a revista tem que sair, custe o que custar", acrescentou o cronista.

A equipe da Charlie Hebdo realizou uma reunião por volta do meio-dia (horário local) para falar sobre o futuro da publicação, explicou à AFP Gérard Biard, chefe de redação do jornal satírico.

Entre as doze vítimas do ataque de quarta-feira  (7) figuram cinco cartunistas da Charlie Hebdo: Charb, Wolinski, Cabu, Tignous e Honoré, assim como o economista Bernard Maris.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave